20 Coisas fundamentais que aprendi viajando

girl playing with fireFinal do ano chegando, eu me encontrava no meio de uma festa, cercada por um punhado de amigos. Enquanto as pessoas ao meu redor conversavam trivialidades, minha mente vagava para o fato de que nos próximos dias eu estaria embarcando de mochila para uma viagem sozinha pela Tailândia e Indonésia. Durante o tempo em que estive fora, vivi sem acesso ao celular, wi-fi apenas ocasional em hotéis, e eu também não estava interessada em me manter conectada até voltar ao Brasil.

Chegando em casa, reencontrei algumas amigas até que uma delas me perguntou:

“E aí? O que você aprendeu nessa viagem?”.

“Como assim? O que você quer dizer com isso?” Eu disse.

“Eu quero saber o que você aprendeu. Você aprendeu algum idioma diferente? Alguma coisa sobre o hiduísmo?” Pressionou ela.

A minha mente ficou completamente em branco. Sinceramente, eu não tinha me preocupado em procurar aprender alguma palavra em tailandês ou estudar o hinduísmo. Esta viagem foi sobre algo completamente diferente. Eu viajei para aprender a ser verdadeiramente, profundamente feliz comigo mesma, sozinha. E para ser honesta, foi isso que aconteceu.

Eu acabei não respondendo à pergunta da minha amiga logo de cara, mas depois de refletir por um tempo, eu encontrei algumas respostas.

celebration 2

Aqui está o que eu aprendi. 

Eu aprendi que o meu dia é muito melhor quando a primeira coisa que eu faço é me espreguiçar com calma e olhar pro sol lá fora ao invés de pegar meu telefone. 

Eu aprendi que verificar Facebook, Instagram e Twitter quando eu ficava acordada inquieta no meio da noite, nunca me ajudou a voltar a dormir.

Eu aprendi que ouvir uma música em um momento especial durante a viagem, pode perfeitamente reativar todas as partes sensoriais daquela experiência mais tarde, ouvindo a mesma faixa de novo.

Eu aprendi que carregar um bom livro e uma toalha de reserva em uma mochila vale a pena o peso.

Eu aprendi que eu não preciso me punir quando cometer um erro. É preciso ser leve e aprender a se perdoar.

Eu aprendi que o sorriso é a moeda mais valiosa da vida.

Eu aprendi que a carência deixa as pessoas dependentes emocionalmente e que viver bem consigo é sinônimo de liberdade.

Eu aprendi que somos nós os responsáveis pelas atitudes que tomamos e por suas consequências. Achar outro culpado é perder tempo e energia.

Eu aprendi que cada pessoa que eu encontro pelo caminho também está lutando por alguma batalha importante naquele dia.

Eu aprendi que a verdadeira simplicidade é difícil de encontrar. Ela vem do coração.

Eu aprendi que menos relações significa relações mais profundas.

Eu aprendi que ouvir intensamente é uma habilidade muito mais importante do que falar imensamente.

Eu aprendi que pequenos atos de generosidade pessoal são tão significativos quanto os grandes.

Eu aprendi a valorizar a sabedoria daqueles que vieram antes de mim e a audácia dos que virão depois que eu partir.

Eu aprendi o quão sortuda eu sou por ter a família que eu tenho.

Eu aprendi que ter um lugar para morar é bom, mas que não se apegar a ele é muito mais importante.

Eu aprendi que um poder superior reside em tudo o que fazemos, vemos e experimentamos.

Eu aprendi que a paz e o sossego são bens preciosíssimos, e que não ter expectativas ajuda bastante no processo de conquistá-los.

Eu aprendi que o verdadeiro amor entre duas pessoas deve ser cuidado com generosidade e aceitação.

Enfim, eu aprendi que a única constante na vida é que todos os dias podemos evoluir aprendendo.

4 comentários sobre “20 Coisas fundamentais que aprendi viajando

  1. Jú, que coisa mais linda! Me emocionou! Belíssimas palavras e aprendizado! É isso que a gente leva da vida! Aprendi muito com sua experiencia também, e vou usar suas frases! Você é muito especial querida, toda Luz do mundo pra vc!! bj, bj, bj

    1. Poxa Ana, que bacana! Assim você que me emociona. :)
      Estamos nessa vida pra aprender e compartilhar, por isso fico tão feliz.
      Saiba que você também é muito especial. Grande beijo flor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *