3 Dicas práticas para planejar sua própria viagem

dicas para planejar uma viagem

Eu realmente acredito que planejar sua própria viagem é uma ferramenta ótima pra quem está começando a viajar pelo mundo, mas tem pouco tempo e frequentemente acaba caindo na tentação dos pacotes turísticos prontos. Se você é novo nessa onda de viajar por conta própria e busca inspiração, aqui no blog tem alguns posts onde conto algumas das minhas experiências viajando sozinha pela África e pela Tailândia. Se você já tomou gosto de se aventurar por aí, mas ainda sim tem dificuldade de planejar a sua trip, eu tenho algumas dicas legais que podem te ajudar. Lembre-se que uma viagem planejada é sobre o que funciona pra você, ou seja, tem que ser totalmente adaptada às suas necessidades e estilo. Então tente pegar a essência e siga em frente!

Minhas 3 dicas tops são:

1. Prepare a sua planilha de viagem

Uma das coisas mais comuns que as pessoas tendem a fazer quando estão sem tempo para pensar em uma viagem é simplesmente comprar um pacote turístico pronto e fazer as malas. Eu entendo essa escolha, entretanto a viagem fica mais cara e você acaba fazendo programas que não te interessam tanto junto com um grupo que nem sempre rola afinidade. O truque é começar a planejar de forma simples com uma planilha no excel ou até mesmo uma tabelinha no word inserindo as informações mínimas relevantes da sua viagem. Aqui está o meu modelo de planilha pra você se basear e montar a sua:
cronograma de planejamento de viagem
Nessa planilha eu coloco as datas, os destinos, alguma programação que eu considere imperdível, o custo dessa programação e horário especial se houver, a hospedagem e seu custo diário e finalmente as informações sobre os deslocamentos, quais os meios de transporte que vou utilizar e os horários, caso já saiba. Bom, é basicamente uma tabela onde eu resumo o roteiro da viagem. Com essa planilha em mãos eu consigo ter ideia do custo geral e também me atento para detalhes importantes como os horários dos voos ou trens se houver.

Mesmo que você não tenha tempo para pesquisar a programação, com essa planilha na bolsa fica mais fácil na hora de decidir o que fazer quando chegar no destino.


2. Pesquise passagens aéreas

Parece óbvio, mas não é. Pesquisar passagens aéreas é muito mais do que sondar sites como o Decolar. Talvez essa situação não sirva para todos os casos, mas uma boa dica é segmentar os trechos da viagem com diferentes companhias aéreas. Essa é uma opção para quem não tem tanta pressa de chegar ao destino final. Comprando trechos independentes você consegue diminuir os custos consideravelmente, pois há diversas companhias aéreas low costs que fazem trechos menores a preços irrisórios e que você irá trocar por voos diretos.
dicas práticas para planejar sua própria viagem
Um exemplo de como isso pode funcionar:
Quero viajar para Bali na Indonésia, esse é meu destino final. Eu poderia fazer Brasil x Europa (ou Emirados Árabes) x Bangkok x Bali. Entenda Europa como opção de vários países que fazem conexão com o Oriente, como Frankfurt, Istambul, etc. A mesma coisa nos Emirados Árabes, podendo ser Dubai, Abu Dhabi, etc. e escolha um desses destinos intermediários. Tudo isso você poderia fazer utilizando uma única companhia aérea. Se você fragmentar comprando trechos separados você ainda tem a vantagem de poder quebrar o fuso horário ficando alguns dias em cada parada. Entre Bangkok e Bali você também pode fazer conexão na Malásia ou Singapura, comprando passagens por até U$100.
No final das contas, ir pra Bali saindo do Brasil pode custar R$5.000, ou mais, indo direto e comprando tudo com uma única companhia aérea, ou pode custar R$3.500 comprando os trechos separados. A diferença é boa suficiente para levarmos em consideração um pit stop, ein! Pense nisso!

Onde então você deve pesquisar? Todo site de pesquisa de passagem aérea funciona como um convênio oferecendo tickets de companhias aéreas específicas. Por isso, é importante pesquisar em diferentes sites. Eu costumo fazer buscas em sites como Kayak, Jet Cost Skyscanner que incluem companhias low cost. Inclusive, aqui neste post do blog eu escrevi sobre 10 companhias aéreas para voar barato, praticamente desconhecidas no Brasil. Não restrinja a sua procura apenas por companhias grandes e muito menos restrinja a sua viagem a pacotes promocionais. Escolha você o seu próximo destino!


3. Faça uma mala compacta

Você pode se perguntar em que isto interfere no planejamento da sua viagem, mas é bem simples. Especialmente as mulheres possuem uma enorme dificuldade de fazer uma mala compacta, fazer caber tudo dentro de uma mochila então parece impossível. Porém, todavia, entretanto, ter uma mala compacta pode te ajudar e muito. E aqui vão algumas boas vantagens de não levar seu guarda-roupa inteiro na sua próxima viagem.
dicas práticas para planejar sua própria viagem - backpack
Primeiro, uma mala pequena ou mesmo um mochilão vai te permitir viajar com companhias aéreas low cost sem pagar excesso de bagagem. Normalmente essas companhias estipulam um limite de peso de bagagem inferior às grandes companhias, mesmo se o trecho for internacional.
Segundo, cada um precisa conseguir carregar a própria mala. Na Europa poucas estações de trem ou metrô tem escada rolante ou elevador. Como se tratam de estações antigas, a maioria não é adaptada, ou seja, escadas longas te aguardam, imagina no Oriente… Salvo as capitais ou cidades super desenvolvidas como o Japão, em grande parte dos lugares você encontrará dificuldade para empurrar uma mala gigante.
Terceiro, especialmente para as mulheres… Esquece aquela modelo inspiradora que você segue no instagram, que viaja o mundo todo tirando fotos lindas, de bota salto alto e que a cada dia aparece com uma roupa diferente. Isso só existe em viagens de luxo onde com certeza alguém carregará suas malas. Mude os acessórios, o lenço…
Quarto, tudo o que você não levar e sentir falta, você pode comprar pelo caminho, o que pode acabar sendo um aprendizado bacana, já que você vai perceber que nem precisa de tanta coisa assim e vai pensar bem antes de comprar algo que não seja imprescindível.
Quinto, sujou? Lave! Qual o problema de mandar uma roupa para a lavanderia durante uma viagem? Desencane geral!
dicas práticas para planejar sua própria viagem

Muitas pessoas estão presas à ideia de que planejar dá muito trabalho. Organizar uma viagem pode ser muito prazeroso quando você descobre que pode viajar enquanto pesquisa. A viagem começa muito antes de você embarcar. Se você está entrando agora nessa vibe de planejar, saiba que  o grande segredo é simplificar. Lembre-se de que esse planejamento é um esforço que vai te poupar lá na frente!

Espero que essas dicas possam te ajudar. Se você tiver alguma outra e quiser compartilhar, deixe nos comentários abaixo :)

Com carinho, Juliana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *