Azul da cor de Jodhpur

Jodhpur

Poderoso, o Forte Mehrangarh se ergue sobre a cidade azul de Jodhpur. Um espetáculo magnífico e uma verdadeira obra prima arquitetônica. Em torno da sua base de quase 10km, a cidade velha acontece. Ela é, na verdade, é um emaranhado de cubos brâmane-azuis, assim desde o século XVI. Caminhando pelas ruas medievais tive a sensação que nunca chegaria ao destino pretendido. Essas mesmas ruas são tão perfumadas por incensos, rosas e temperos… Tão cheia de lojas e bazares vendendo de tudo, de saris à trombetas.

Tradicionalmente o azul representa uma moradia brâmane, mas com o tempo descobriu-se que essa cor repelia insetos e por isso ela tomou conta da cidade.

A moderna Jodhpur se estende além dos muros. É nas imediações do Forte, bem no centro, que acontece todo o burburinho dessa cidade reluzente. E é isso que prende a imaginação dos viajantes. Justamente aqui se concentra a área mais agitada, onde falar com qualquer vendedor significa comprar algo. Acredite! Basta olhar de perto ou tocar qualquer objeto que o comerciante vai fazer o impossível pra te vender o artigo. Bem impressionante!

Vidros coloridos dão vida aos quartos do Forte | Foto João Marcelo Moreira
Vidros coloridos dão vida aos quartos do Forte | Foto João Marcelo Moreira

Jodhpur

Jodhpur
A Torre do Relógio bem no centro da cidade velha. |Foto João Marcelo Moreira
Jodhpur
Comércio intenso na cidade velha de Jodhpur

Mais marcante do que o Forte foi o Jaswant Thada, um memorial dedicado ao Maharaja Jaswant Singh II. À medida que fui caminhando em direção ao memorial, fui descobrindo aos poucos. Foi como se as árvores liberassem frestas despretensiosas, para que eu fosse saboreando devagar. E quando finalmente chegasse pertinho, já encantada, e visualizasse toda sua magnitude. Afastado do tumultuado centro, ali o silêncio impera. Me restou contemplar, como em estado de meditação, interiorizando e absorvendo toda aquela beleza.

Jaswant Thada

Jaswant Thada

Jaswant Thada

Jaswant Thada

Jaswant Thada

Jaswant Thada

Em uma breve visita conhecemos o Palácio Umaid Bhawan. Breve porque a família real ainda mora ali. Para os visitantes não é permitido circular pela maioria dos espaços internos. De uma arquitetura extremamente elegante, todo em mármore Makrana e madeira trazida da Birmânia. Uma pequena parte do Palácio foi transformada em Museu e uma outra parte em hotel de luxo. Apaixonada por detalhes, até as luminárias pendentes me chamaram atenção.

Palácio Umaid Bhawan

Palácio Umaid Bhawan

Depois de um dia inteiro explorando Jodhpur, partimos rumo a Udaipur. No caminho paramos em Pokhran, uma cidade alvo de muitos testes nucleares. E para minha surpresa, não encontramos destruição. Tivemos a sorte de parar aqui e conhecer um dos jardins mais bucólicos e românticos que já vi na vida.

Pokhran
Foto João Marcelo Moreira
Foto João Marcelo Moreira
Foto João Marcelo Moreira
Pokhran
Foto João Marcelo Moreira

Pokhran

Pokhran

Viajar pela Índia é mudar de época, é voltar no tempo e olhar para o futuro simultaneamente. Tantas vezes me senti nessa jornada voltando ao passado. Tantas outras via na arquitetura um avanço que até hoje não chegou no ocidente. É um povo habilidoso artesanalmente e que dá valor aos detalhes. É como se aqui eles não conhecessem a palavra preguiça.

Aqui não se mede esforço para agradar um turista e muito menos para sofisticar suas casas, seus templos, seus espaços… Na Índia todos sabem pintar, ou esculpir, ou tecer… Provavelmente seja uma herança que deve ser passada de geração para geração. E mesmo o país tendo sofrido com guerras e destruições, o povo conseguiu se reerguer e reconstruir com a mesma riqueza de detalhes e amor. É isso. Acho que amor é a melhor definição para essas pessoas. Sinto como se em tudo que eles fazem, tivesse essa magia. E é isso que quero levar dessa viagem. Que eu aprenda a colocar amor em tudo que eu faça. E que consiga passar essa experiência maravilhosa para as minhas gerações futuras.

Namastê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *