Projeto Tamar, Vitória

Com carinha de quem estava entendendo tudo o que a voluntária do Projeto Tamar estava explicando, a Luna ficou. Com uma tartaruguinha na mão, feita com molde de um filhote de tartaruga de verdade, ela parou ali um tempo, só olhando os filhotes de 40 dias no tanque e descobrindo um mundo novo.

O Projeto Tamar em Vitória me surpreendeu. Levamos a Luna pra conhecer as tartarugas, mas quem mais aprendeu fui eu.

Que elas são lindas, eu já sabia. Sou fã desses bichinhos de casca dura, não tão bichinhos assim, algumas espécies podem chegar a 2 metros e 700kg. Já tiveram outras espécies maiores no mundo, mas hoje estão extintas.

Esqueleto de uma tartaruga gigante extinta

E aqui o papo é sério quando se trata de cuidar dos animais. Placas espalhadas por todo o projeto deixam claro “Não toque nos animais”, mas alguém aí acreditaria se eu dissesse que mesmo assim as pessoas tentam tocar nas tartarugas? Educação é uma coisa complicada, mesmo o instrutor dizendo que podemos passar doenças pra elas e elas pra gente. Porque, minha gente, querer tocar em tudo? Por que?

Tanque com tartarugas grandes

O trabalho do Projeto Tamar é enorme e envolve pesquisas, educação ambiental, monitoramento das tartarugas nas áreas de reprodução, nas principais praias do Brasil onde elas desovam, dentre outras atividades. As tartarugas nascem nas praias, voltam para o mar e um número muito pequeno delas sobrevivem pelas adversidades e pelo fator humano. É bom lembrar que os seres que mais ameaçam as tartarugas são os humanos. Triste, né!?

Uma curiosidade… A tartaruga de pente teve esse nome porque do seu casco eram feitos pentes, desses de pentear os cabelos.

Baia de Vitória | Foto João Marcelo Moreira

Entrada da Baia de Vitória | Foto João Marcelo Moreira

Ao nascer, os filhotes imediatamente partem para o alto-mar, porém alguns deles não conseguem sair do ninho. Em média 10% dos filhotes levam até 7 dias pra sair do ninho. Aí entra o Projeto Tamar para cuidar desses filhotes até que se desenvolvam o suficiente para voltarem para o mar. E esse dia eles chamam de Soltura de Filhotes.

Soltura dos filhotes na praia onde foram feitas as desovas | Foto Projeto Tamar

O projeto todo é lindo e torço para que prospere muito e proteja as nossas tartarugas.

Se você ficou interessado em visitar algum Projeto Tamar espalhado pelo Brasil, tem tudo aqui no site deles www.projetotamar.org.br.

Se informe, aprenda e ajude a cuidar do nosso planeta.

Até a próxima! :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*